As 10 motos mais velozes do mundo

As motocicletas começaram a ganhar espaço no mercado no início dos anos 2000, quando o trânsito nas principais capitais brasileiras começou a se intensificar e os engarrafamentos de horas começaram a ser registrados.

Nada se compara ao que encontramos hoje, quando em horário de pico o motorista de um carro chega a passar três horas parado para percorrer distância curtas, em velocidade não maior que 30 e 40 quilômetros por hora num percurso simples de sua casa para o trabalho ou vice-versa.

Esse foi um dos motivos que levou ao aumento do número de motocicletas em circulação.

Mas, junto a ele, o crescente aumento do preço dos combustíveis também fez com que os motoristas migrassem para o uso da moto. Para chegar mais rápido e para baratear o custo, as motocicletas ganharam as ruas e o coração dos brasileiros.

Separando a população de motociclistas que utilizam a moto como meio de transporte para ter agilidade e rapidez no deslocamento, dos apaixonados pelo veículo de duas rodas, vamos falar agora daqueles que gostam de velocidade, adrenalina e muita diversão com as motocicletas.

Para quem é apaixonado por motos, separamos um guia com as 10 motocicletas mais velozes do mundo e os seus diferenciais, para quem sabe, investir em um sonho de ter uma dessas preciosidades somando velocidade e vento no rosto.

Assim sendo, separamos os modelos de motos mais rápidas de acordo com as velocidades máximas que cada veículo atinge e seus diferenciais.

Está preparado? Então acompanhe com a gente o encantador muito das motocicletas esportivas e sonhe programando uma viagem de moto inesquecível.

1. Suzuki GSX-R1000

Vamos começar o nosso passeio pelo mundo das motocicletas com calma, mas nunca devagar.

Esse modelo da Suziki começou a ser fabricado em 2001 e caiu no gosto dos pilotos. A R1000 oferece ao motociclista uma potência de 191hp que chega a 12.000 rotações por minuto.

O sistema refrigerado à líquido do motor DOHC com 16 válvulas cumpre bem a sua missão e entrega para o piloto uma velocidade máxima de 285 km/h.

Para quem está iniciando no mundo sobre duas rodas, esse pode ser um bom veículo de entrada.

Essa é uma motocicleta que encabeça a lista da categoria esportiva que vende no mundo inteiro.

O modelo ganhou adeptos com o passar dos anos pelo excelente desempenho e agilidade que o veículo tem durante as passadas de marcha e o desenvolvimento da velocidade.

2. Honda CBR 1000 RR – Fireblade

Imagem: honda.com.br

Esse modelo foi lançado pela Honda para substituir uma motocicleta que fez muito sucesso no mercado é uma marca na história da empresa, a Hayabusa.

Para quem gosta de filmes antigos japoneses, já viu muito essa relíquia em ação.

No mercado competitivo das motocicletas esportivas o espaço foi ocupado pela CBR 1000 RR que tem uma boa aceitação e segue pelos caminhos trilhadores pela sua antecessora.

E na questão desempenho, a CBR não fica para trás e entrega para o piloto uma velocidade de 291 km/h.

Essa é uma motocicleta da categoria superesportiva, porque está acima de 999 cilindradas.

Desde seu lançamento oficial em 2008 ela recebeu algumas modificações e conta com uma potência de 13.000 rotações por minuto, além das válvulas e pistões fabricados em titânio, o que deixou ainda mais leve o veículo.

Pilotar uma CBR é a maior sensação de liberdade e velocidade que um apaixonado por motocicletas pode ter.

O desempenho da aceleração e a sensação ao girar o acelerador são surpreendentes, mesmo para aqueles que já são experientes na condução de veículos sobre duas rodas a CBR 1000 é inigualável.

3. Yamaha YZF-R1

Imagem: yamaha-motor.com.br

Essa é a famosa R1, o sonho de consumo de muitos motociclistas que buscam por liberdade, velocidade e esportividade.

Lançada em 2010, ocupou seu lugar entre as mais desejadas e desde então vem se mantendo no rol das motos mais rápidas do mundo.

O diferencial da R1 fica por conta da motorização de 4 cilindros com 998cm³, com potência de 200 cavalos e 13.500 rotações por minuto.

Para ser comprovadamente uma das motos que possuem os melhores motores, a R1foi projetada com o apoio e experiência de um dos pilotos mais famosos do motociclismo, Valentino Rossi.

No quesito velocidade, não espere menos que se surpreender ao manusear essa máquina! O piloto vai alcançar no rendimento final 297 km/h, um sonho para qualquer motociclista.

Esse é mais um modelo superbike, que traz algumas alterações que promovem diferentes sensações no piloto.

As duas ponteiras que passaram a ser instaladas debaixo do banco criaram um ronco inconfundível que se tornou a marca desse veículo sobre duas rodas.

Se tivermos que fazer uma comparação, o barulho do escape se iguala a italiana Ducati V2, o que realmente é uma honra para a R1.

Para falar um pouco do design, os faróis da moto são desenhados de forma a parecer uma pálpebra, já que ao acionar a luz baixa o protetor cobre parcialmente a saída de luz da lanterna, mas em luz alta o foco de luz é intensificado e fica inteiro descoberto.

Em 2006, apenas 500 unidades comemorativas foram produzidas nas cores preta e amarela nos amortecedores dianteiros e traseiros para celebrar os 50 anos da Yamaha Racing.

A motocicleta era uma réplica da utilizada nas pistas de corrida e foi um sucesso de vendas mundial.

4. Kawasaki ZZR 1400 Ninja

Ao assistir os filmes japoneses, em que os mocinhos e bandidos usam motocicletas poderosas, que saem empinando pelas ruas, possivelmente você já se encantou por uma Kawasaki Ninja, não é mesmo?

E esse modelo é daqueles que não tem como não sonhar em dar ao menos uma voltinha na vida!

A Kawasaki Ninja é líder de buscas em site de anúncios de motos vem passando por avanços tecnológicos e teve seu modelo substituído nos últimos anos, mas não para tirar de linha uma motocicleta que tem o seu público fiel, mas sim para melhorar o seu desempenho.

No modelo ZX-14 a Ninja chega a 299 km/h e faz de 0 a 100 km/h em apenas 2,5 segundos. É uma verdadeira máquina sobre duas rodas.

É importante lembrar que a Ninja é a mais potente motocicleta da categoria superesportiva, por isso a Kawasaki inseriu nos veículos que circulam fora das pistas um limitador eletrônico de velocidade que não permite ultrapassar a velocidade máxima.

Nos últimos 12 anos no mercado, com os dois modelos que foram lançados, várias versões especiais estiveram à disposição do público apenas com as cores da carenagem e marcas diferenciadas.

A motorização e o desempenho surpreendem a cada piloto que se arrisca na leveza e velocidade que essa máquina é capaz de imprimir.

5. MV Agusta F4 1000S

Essa motocicleta foi projetada para alcançar uma das melhores performances fora das pistas.

O motor turbinado é derivado de um Ferrar, um dos mais potentes modelos que foi projetado para o desempenho dos pilotos na pista.

A MVs parece ter acertado a mão no modelo F4 1000S que entrega ao piloto uma velocidade de 300 km/h por e um excelente desempenho durante o desenvolvimento enquanto o motociclista gira o acelerador.

A empresa italiana MV Agusta volta ao mercado após o lançamento da linha F4, com competitivas supermotos e desponta na categoria 750 e 1078 cilindradas.

Além das características e contornos do design a motorização surpreendeu e trouxe a montadora ao renascimento depois de um período em baixa.

6. BMW S1000 RR

Imagem: bmw-motorrad.com.br

Se o assunto é deixar as ruas e invadir as pistas, encontramos aqui um daqueles modelos que irá nos surpreender.

Essa motorrad da BMW atende a todos os requisitos fundamentais para competição e também para a aventura dos pilotos que querem se encorajar pelas estradas afora.

A BMW lançou esse modelo ao mundo em 2009, com o intuito de participar das competições do Mundial de Superbike daquele ano.

Os resultados foram tão positivos que a empresa não limitou o uso da motocicleta às pistas e investiu no modelo superesportiva para os apaixonados por velocidade.

Com o motor no formato “inline-4” pode ser considerado um excelente redlined com suas mais de 14.200 rotações por minuto.

Não entendeu muito bem o motor? Mas basta anotar os números, essa máquina atinge uma velocidade 305 km/h e deixa muitas de suas concorrentes para trás com o seu desempenho.

Na sua ficha técnica, mais um motivo para entender qual é a sua vantagem sobre as suas concorrentes.

Essa máquina tem uma excelente motorização e conta com a transmissão por correntes em 6 marchas, além de possuir o avançado sistema “quickshift”, que permite a troca de marcha sem a necessidade de utilização da embreagem.

A diferença fica toda por conta a rapidez com que a motocicleta desenvolve velocidade em relação as suas concorrentes.

7. MV Agusta F4 Tamburini

Sabe aquela motocicleta dos sonhos? Aquela que todo apaixonado por velocidade em duas rodas faria qualquer negócio para ter um exemplar desse modelo comemorativo na garagem.

Então essa é a F4 Tamburini, uma motocicleta ímpar, que leva o nome do seu designer projetista Massimo Tamburini e é uma máquina capaz de alcançar 307 km/h. Já pensou?

Apenas 300 sortudos no mundo tiveram a possibilidade de colocar as mãos nessa produção especial da MV Agusta.

Esse é o tipo de veículo que proporcionou experiências inesquecíveis para quem já teve a chance de pilotar.

Com uma ficha técnica de dar inveja a concorrência, a F4 Tamburini está equipada com um motor de 4 cilindros e 16 válvulas, já a transmissão de câmbio é de 6 marchas.

No quesito velocidade, essa máquina desenvolve de 0 a 100 km/h em apenas 3,1 segundos.

Apesar de linda e um sonho para os pilotos, nem sempre cabe no bolso! Essa motocicleta foi comercializada na Europa por 43 mil euros e somente 59 exemplares foram enviados aos EUA, que esgotaram os estoques em tempo recorde.

Essa sim podemos considerar um sucesso de vendas!

8. MV Agusta F4 R312

Essa motocicleta é uma relíquia da história do automobilismo. Para os fãs do esporte não é difícil lembrar do lendário piloto Giacomo Agostini que fez história no esporte e usou um dos primeiros modelos dessa máquina.

Lançada no final da década de 90, a F4 R312 não teve alterações no seu visual para a sua retomada no final de 2007, quando deixou as pistas e ganhou as lojas.

A sua nova versão está entre as motocicletas mais rápidas do mundo, e o seu potencial não nos deixa mentir.

A R312 chega a uma velocidade de 312 km/h chegando muito perto da lenda das 200 milhas por hora, algo que pode ser considerado um marco.

Com excelente desempenho fora das pistas, não era de se duvidar que a empresa logo colocaria novamente essa máquina para competição, e nos anos seguintes isso se concretizou fazendo com que a R312 se consagrasse entre as mais motocicletas mais velozes do mundo e com um freio surpreendedor para a categoria.

9. Suzuki Hayabusa GSX1300RA

Imagem: suzukimotos.com.br

O que falar sobre essa motocicleta mágica? Essa seria a motocicleta mais famosa do mundo? A resposta é sim para todas as perguntas.

A Hayabusa foi perfeitamente calculada na sua produção e os seus engenheiros foram capazes de projetar uma carenagem que corta o vento e melhora a performance dessa máquina.

Na questão dos motores, a Hayabusa trabalha com 4 cilindros em linha e o sistema SRAD que aproveita a pressão do ar que a parte frontal da moto recebe durante a pilotagem e empurra uma quantidade maior de ar para dentro do motor.

Mas se a pergunta for quanto ela é capaz de desenvolver na sua velocidade, são os surpreendentes 320 km/h em uma velocidade constante, onde parece que a motocicleta parece deslizar pelo asfalto devido sua leveza.

10. MTT Turbine Superbike Y2K

Essa é a motocicleta que coleciona recordes mundiais pela velocidade que imprime! A Y2K é a motocicleta que está em produção considerada a mais rápida e poderosa do mundo.

O motor com turbina dessa superbike concede a essa máquina a possibilidade de alcançar uma velocidade de 370 km/h. Quer mais do que isso para uma motocicleta?

A Y2K é única e imprime a sua originalidade do design ao motor, isso porque, ela é movida a partir de uma turbina de helicóptero.

O seu preço, não seria diferente, nos EUA ela chega a custar 175 mil dólares.

Que tal, gostou deste texto sobre as 10 motos mais velozes do mundo? Então aproveite para compartilhar este post com os seus amigos por meio das suas redes sociais para que todos saibam um pouco mais sobre o encantador mundo das motocicletas velozes.

Publicado por
veiculosnaweb

Notícias recentes

Quer saber se você está apto para fazer o exame teórico do Detran? Faça uma simulação da prova!

Enfrentar o processo para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) costuma ser preocupante para a maioria das pessoas…

5 dias atrás

Carros clássicos que marcaram os anos 70 e 80

Em meio a tanta tecnologia que temos hoje em dia nos carros não podemos nos esquecer deles. Estes modelos foram…

7 dias atrás

Guia de segurança no carro para bebês e crianças – Adequado para 0-12 anos

A segurança de uma criança em qualquer tipo de veículo é simples e depende, exclusivamente, do uso adequado dos sistemas…

7 dias atrás

Lei do Insulfilm 2019: quais são as regras para o uso de películas automotivas?

Estar por dentro das leis de trânsito é uma das muitas obrigações dos condutores e proprietários de veículos. Ao conhecer…

4 semanas atrás

4 dicas para conservar seu carro

Um carro conservado é um empreendimento certo, pois ao mesmo tempo que é fácil de vender, é também mais difícil…

1 mês atrás

5 cuidados com a bateria do carro

Você sabia que um dos componentes mais importantes de um veículo é a sua bateria? Sem ela o carro não…

1 mês atrás