Categorias Notícias

Viagem de avião ou viagem de carro – quais os prós e contras para um itinerário de menos de 500 km

Na hora de escolher a melhor forma de viajar é preciso levar em consideração a distância, quantidade de pessoas, tempo de viagem, acesso e gasto. Viajar carro é recomendado para quem deseja conhecer uma nova cidade, já que permite ter uma maior liberdade, escolhendo em quais horários sair para conhecer a cidade.

Também é indicado para quem quer dividir os custos, mas antes é necessário fazer o seu planejamento, considerando o valor médio para combustível, o consumo do combustível para cada km percorrido, a distância, o pedágio e o local de destino.

Em relação às condições do automóvel é preciso fazer uma revisão para calibrar os pneus, conferir o nível de água, ver quantidade e validade do óleo, ter os itens de segurança e macaco hidráulico, pneu, etc. Durante o planejamento, também é de grande importância ficar de olho no orçamento para evitar surpresas desagradáveis.

O carro é a melhor opção para quem vai percorreras rotas com menos de 500 km. Assim, quando a distância aumenta e os trechos possuem mais de 500 km, a viagem aérea, é o mais indicado.

Fazer uma viagem de avião é uma das opções mais caras, mas é a opção mais rápida e prática para viagem. Muitas companhias aéreas fazem ofertas na hora de comprar as passagens com um valor mais econômico em horários específicos, além das promoções relâmpago.

Quando se viaja pela primeira vez ao local de destino, sendo que a maior parte aeroportos ficam distantes da parte central das cidades, podendo dificultar na chegada até esses locais. Nesse tipo de situação é importante pesquisar sobre o transporte público. Antes de comprar suas passagens aéreas, é recomendável saber as taxas que já estão inclusas no pacote, os horários de check-in e do embarque.

Para viajar para locais bem mais distantes, o avião pode ser o único meio de transporte disponível, como as viagens para exterior.

Independentemente da forma como viajar, sempre deve ser feito um planejamento da viagem.

O começo é sobre onde pretende viajar. Depois precisam ser avaliados os preços, reunindo uma maior quantidade de informações, e fazer o seu orçamento para que as contas estejam em dia.

Atrasos ou Cancelamentos de voo

Ver no painel de informações que seu voo está atrasado, é bem desagradável. A coisa ainda pode ficar pior se tiver conexão e precisará trocar de avião, já não vai chegar ao seu destino no horário que foi planejado

O atraso de voo é um dos principais problemas para quem viaja de avião, sendo que um dos motivos pode ser más condições meteorológicas, manutenções não programadas, conexões, desaparecimento de passageiro, problema de overbooking, transporte de cargas especiais, limite de jornada da tripulação, mal súbito de passageiros ou tripulação, queda no sistema, congestionamento aéreo,problemas com passageiros, maior fiscalização no raio X, embarque de bagagens de mão fora do padrão.

Para quem quer evitar a perda de voos de conexão, o indicado é escolher voos diretos ou que possuem um intervalo maior de tempo entre uma conexão e outra. Para voos internacionais em alta temporada é ideal um tempo de 2 a 4 horas.

Em relação a companhia aérea, o passageiro que aparece para embarque e encontra o cancelamento ou atraso de voo, terá direito à assistência com comunicação, alimentação e acomodação. Isso tudo, para amenizar o desconforto enquanto não é possível embarcar.

A assistência deve começar assim que ocorre o cancelamento, atraso de voo ou preterição de embarque, incluindo os passageiros que já estão na aeronave.

Com um atraso de 1 hora, o passageiro consegue acesso à internet, podendo fazer telefonemas. Em 2 horas de atraso é liberado telefonemas e concedido voucher para alimentação nos restaurantes e lanchonetes do aeroporto.

Chegando a 4 horas, deve ser concedido ao passageiro acomodação ou hospedagem e um transporte até o local. Se o embarque passar disso, a companhia deve oferecer, além da assistência material, meios de reacomodação sem custo em outro voo ou reembolso integral da passagem.

Quando um passageiro tem seu embarque negado, mesmo que possua todos os requisitos para o embarque, ele pode ter uma preterição. Se a companhia constata que há chances de preterição, ela deve procurar pelo passageiro para embarca-lo em outro voo e dar compensações. Caso o passageiro não queira a compensação, a empresa deve oferecer reacomodação, reembolso e assistência material.

Para evitar ficar transtornado por atrasos ou cancelamentos de voos, existem precauções que podem ajudar a não ser surpreendido com este tipo de situação.

Um dia antes da viagem vá ao site da companhia para ver se o horário do voo ainda é o mesmo.

Antes ir para o aeroporto, verifique o e-mail, preste atenção aos painéis para não perder informações, olhe o histórico de cancelamentos e atrasado da companhia.

Publicado por
veiculosnaweb

Notícias recentes

Chatbot no atendimento ao cliente de concessionárias de veículos

Saiba como tornar ainda mais prático e eficiente o atendimento ao cliente de concessionárias de veículos. Em busca de aprimorar…

16 horas atrás

Carros usados até R$ 50.000,00: veja alguns modelos

Se você está procurando carros usados até R$ 50.000,00, chegou ao lugar certo. Aqui, vamos destacar as melhores alternativas do mercado,…

3 semanas atrás

Por que as oficinas devem usar e-mail marketing?

Imagine a seguinte situação: Você está planejando fazer uma viagem de carro para o litoral durante o feriado e com…

4 semanas atrás

Data Driven Marketing: veja como ele pode ajudar sua concessionária

O Data Driven Marketing veio para revolucionar o mercado das concessionárias. Hoje em dia, com o avanço da internet, as pessoas…

1 mês atrás

Dicas para aprender a vender automóveis!

Qualquer instrutor de treinamento de vendas de automóveis pode dizer que um cliente já sabe o que deseja antes mesmo…

1 mês atrás

Como escolher óleo lubrificante para o carro

Certamente você parou para encher o carro com combustível e abordou os trabalhadores do posto de gasolina que tentaram enfiar…

2 meses atrás