Categorias Notícias

Saiba como valorizar o carro usado na hora da revenda

Muitos motoristas gostariam de saber como valorizar o carro usado na hora da revenda do seu automóvel. Afinal, na maior parte dos negócios, quando mais o automóvel valer, mais fácil será comprar um veículo novo.

Por exemplo, imagine que você tenha um carro que vale R$15.000,00 e quer comprar um novo de R$55.000,00. Dando o seu automóvel de entrada, só teria de parcelar R$40.000,00.

No entanto, se for possível cuidar do carro para valorizá-lo um pouco mais, para R$20.000,00 por exemplo, permite que o valor parcelado seja ainda menor R$35.000,00.

Quer saber como valorizar o carro usado na hora da revenda? Então siga a leitura do artigo a seguir!

1. Compre pneus novos para saber como valorizar o carro usado na hora da revenda

Os pneus estão entre as peças mais importantes de um carro. Sem eles, o veículo não anda. Além disso, eles são os primeiros a sentir os impactos quando alguma peça ou sistema do automóvel não funciona como deveria.

Para completar, os pneus estão entre as principais preocupações de um comprador de carro usado ou seminovo. Isso acontece porque eles são trocados com certa frequência.

Por exemplo, a média de duração de um pneu de boa qualidade é entre 50 e 60 mil quilômetros. Ao mesmo tempo, a média de movimento dos carros é de 20 mil quilômetros por ano. Ou seja: em 3 anos você terá de comprar novos jogos.

Os compradores levam isso em conta pois pensam se precisarão comprar um novo jogo de pneus. Considerando um preço médio de R$400,00 por cada pneu, um novo jogo completo pode sair por R$1.600,00.

Se o seu carro tiver aproximadamente 3 anos e nunca trocou os pneus, com certeza isso será mencionado na negociação. Portanto, vale a pena comprar pneus para colocar no seu carro e valorizá-lo.

Aliás, pesquise para saber se você está comprando os pneus adequados para o seu veículo. Existem modelos ideais para cada tipo de carro. Normalmente, os melhores pneus para Onix não são os mesmos utilizados no HB20 ou no Polo.

2. Instale acessórios úteis no seu carro

Uma das principais dicas de como valorizar o seu carro na hora da revenda é “fuja das customizações”. No entanto, é preciso ter muito cuidado em como interpretar esse conselho.

De fato, determinadas modificações no carro como faróis de xenônio, suspensão rebaixada ou pneus com calotas customizadas são pouco aceitas no mercado. É difícil convencer um motorista que não tem esse estilo de carro a comprar um automóvel tunado.

No entanto, alguns acessórios automotivos são muito poderosos para valorizar o seu carro na hora da revenda.

Por exemplo, os sensores de estacionamento são muito buscados pelos motoristas e estão indisponíveis em veículos mais populares. No entanto, é possível instalá-los e tornar o seu carro mais atraente.

Isso vale para itens como alarmes, travas elétricas, ar-condicionado, bancos de couro e muito mais. Por isso, se puder instalá-los, opte por isso!

3. Faça uma Vistoria Cautelar no seu carro

Um dos maiores medos dos consumidores de carros usados é comprar um veículo com problemas jurídicos (como ser alvo de uma penhora) ou que tenha sido sinistrado (foi pego em uma enchente, por exemplo).

Por causa desse medo, os consumidores costumam negociar bastante o preço do automóvel. É a questão do risco x recompensa: não vale a pena pagar R$15.000,00 em um carro com vários riscos. Mas R$10.000,00 já é mais interessante.

Uma maneira fácil de evitar ver o preço do seu automóvel diminuir é com a Vistoria Cautelar. Trata-se de um processo feito por uma empresa terceirizada que verifica a documentação e o histórico do veículo.

Se não houver nada de errado com o automóvel, ele ganha um selo de procedência. Assim, é possível recusar a negociação do comprador dizendo que tem uma prova de que não há nada errado com o carro.

4. Tenha atenção com a cor do seu carro

É fato que uma das principais dicas de como valorizar o seu carro na hora da revenda é ter cuidado com a cor da sua pintura.

Normalmente, carros pretos, brancos ou cinzas são os mais vendidos. Para quem gosta de veículo colorido, tente manter seu espectro e opções em azul escuro, vermelho ou, no máximo dos máximos, um verde escuro.

Além disso, não faça uma pintura pela metade. Muita gente pede para pintar apenas uma parte do carro, que acabou ligeiramente arranhada ou que sofreu alguma mancha. Evite isso pois nunca é possível garantir que o tom usado ali será o mesmo de outras partes do carro.

Assim fica parecendo que o automóvel sofreu uma batida e precisou trocar a lataria, o que desvaloriza muito o veículo. Se for pintar o carro, pinte-o completamente, sem esquecer de nenhuma parte.

Aprendeu como valorizar o seu carro na hora da revenda? Seguindo essas dicas simples, você conseguirá tornar seu automóvel mais atraente na revenda e, por consequência, mais valioso.

E aí, tem algum segredo para compartilhar para deixar o carro mais valioso na revenda? Então comente abaixo!

Publicado por
veiculosnaweb

Notícias recentes

Carro para Pessoas com Deficiência (PCD): qual é a desvalorização desses veículos no mercado?

Estudo mostra apresenta os 63 automóveis disponíveis no mercado dentro dos critérios de isenção de impostos para Pessoa com Deficiência…

1 mês atrás

Dicas de cuidados com o seu carro antes de viajar

Todo mundo gosta de uma boa e velha viagem, não é mesmo? Trata-se de um período de lazer com a…

3 meses atrás

Realidade Virtual transforma público do GP de F1 em piloto

Já imaginou pilotar um carro de Fórmula 1 sem sair do lugar? Pois é esta a sensação que o empreendedor…

3 meses atrás

Como evitar problemas na hora da vistoria veicular

Chegou a época mais temida para todos aqueles que são motoristas: a vistoria veicular. E não adianta justificar que não…

4 meses atrás

Viagem de avião ou viagem de carro – quais os prós e contras para um itinerário de menos de 500 km

Na hora de escolher a melhor forma de viajar é preciso levar em consideração a distância, quantidade de pessoas, tempo…

4 meses atrás

Leilão de carros: como funciona

Um leilão de carros se parece bastante com outras modalidades de aquisição por arremate. No entanto é necessário conhecer algumas…

4 meses atrás