Categorias Notícias

Os cuidados na hora de negociar o seguro de carro

Contratar um bom seguro de carro é muito importante para proteger condutores de acidentes, furtos e roubos. Se você quer garantir sua segurança, pagando um valor acessível, precisa aprender a negociar como um expert. É isso que vamos te ensinar no texto de hoje. Pegue o bloquinho e a caneta e anote essas dicas infalíveis.

Antes de mais nada… Muita pesquisa!

Comprar um carro acaba sendo o de menos, quando você sede para com o tanto de despesas com que vem ele. Licenciamento, IPVA, manutenção, revisão, gasolina, estacionamento (caso precise) e o famoso seguro.

Você sabia que o valor do seguro de carro pode varia em até 50% de corretora para corretora? Portanto, é mais do que importante fazer o máximo de cotações possíveis (mínimo de quatro).

Caso você ainda não tenha definido o modelo do veículo, nossa dica é que você faça uma cotação de seguro antes de qualquer coisa. Alguns carros possuem um histórico maior de roubo na região que você mora e isso certamente refletirá no valor final do seguro.

Imagina que você esteja comprando um carro que está com ótimo valor e dentro das suas preferências. Agora imagina que o seguro desse carro está 100% mais caro que outro modelo? Analise também a flutuação de valores ano após ano.

Corretor tem papel importante na escolha do seguro deum carro

Além de escolher a corretora de seguros de carro que cobram o melhor preço, você também deve escolher uma que você se identifique e que seja reconhecida pela qualidade de serviços. A primeira coisa que deve fazer é se certificar de que ele é cadastrado junto à SUSEP (Superintendência de Seguros Privados). Existem muitos intermediários que não possuem esse registro, mas que repassam para outros corretores cadastrados. Fique atento, esse tipo de situação pode te gerar dor de cabeça futuramente.

Ao escolher uma corretora competente, você estará garantindo contato com profissionais experientes que conhecem possibilidades de descontos e que podem te ajudar a não ficar vulnerável em uma indenização. Além disso, verifique também quanto ao suporte em caso de emergência. Quão disponível eles são para auxiliar o segurado em um atendimento de socorro, por exemplo.

Outro ponto positivo é que você não ficará preso a somente uma opção de seguro, já que devido a ampla experiência, sempre acabam apresentando diversas coberturas e seguradoras que atendem o perfil e garantem a cobertura.

Os cuidados na hora de negociar o seguro de carro

Se o seu carro tiver alarmes, segredos automotivos, não esqueça de contar ao corretor. Como isso impede que o ladrão leve o seu carro e é considerado um item de segurança, pode ajudar a baratear o seguro. O mesmo conta para imobilizadores e rastreadores automotivos.

Outro ponto que conta muito é se você tem garagem em casa e se o seu portão é automático. Se o seu carro fica estacionado na rua, provavelmente vai ter que pagar em média 20% mais caro do que quem tem garagem. Se você tem mais de 25 anos e for mulher (é considerado que mulheres são mais prudentes na direção), também conseguirá pagar menos.

Apesar do seguro de carro ser um serviço extremamente importante e que você não pode ficar sem, não tenha pressa de fechar. Certifique que está fazendo um bom negócio e que a apólice cobre tudo que você precisa.

O que mais pode baratear o custo do seguro de carro?

Caso opte por não incluir carro reserva na sua cobertura ou retirar serviços que você não fará uso, o valor irá diminuir.

Caso você tenha o valor do seguro guardado e não vá fazer falta, opte pelo o pagamento à vista. Você pode negociar um desconto com a seguradora e vai se livrar de juros.

Atenção ao formulário de contratação

Ainda tem muita gente que não presta atenção no que assina. As perguntas que você vai responder no formulário são muito importantes e serão usadas para calcular o valor do seguro do seu automóvel.

Responda corretamente sobre a quilometragem percorrida por dia, principal condutor e o que mais for perguntado. Caso você minta e aconteça algum problema, na hora de investigação, caso seja constatada alguma inverdade, o sinistro pode não ser pago.

Além disso, procure se informar sobre as seguintes questões:

Franquia Reduzida

Procure se informar quanto a franquia reduzida antes de assinar qualquer contrato. A franquia é o valor que deve ser pago pelo segurado sobre a quantia gasta com o reparo do carro em caso de danos. Sendo assim, a franquia reduzida é um valor abaixo cobrado, em relação ao normal.

Por exemplo: caso o preço do seguro seja R$ 2 mil e a franquia R$ 1.500, no caso da franquia reduzida, o valor do seguro será de R$ 3 mil e a franquia de R$ 1.500.

Com a franquia reduzida, você pode usufruir mais da cobertura do seguro, porém, como pode ter visto, o valor do seguro será mais alto.

Cobertura deterceiros

A cobertura de terceiros garante indenização em casos de acidentes causados a demais motoristas. Ou seja, se você bater no carro de alguém, pode acionar o seguro para que as despesas sejam pagas.

O valor pode ser definido por você e é um dos itens que vale a pena contratar, porque ninguém está imune a acidentes.

Indenização 100% da tabela Fipe

A tabela Fipe é referência para média de preço de veículos e serve como base para cálculo do seguro. Por seguir uma tabela, o valor da indenização pode ser valorizado ou desvalorizado, seguindo o valor de mercado o automóvel.

Sendo assim, se você contratar o seguro em maio e na tabela tiver constando que o veículo valia R$ 50 mil (tabela FIPE) e quatro meses depois, tiver sido roubado. Quando você for receber a indenização, precisa consultar a tabela para checar o quanto o modelo está valendo. Você pode receber a mais do valor ou menos.

Você também pode escolher pagar mais do que 100% da Tabela Fipe, dependendo das circunstâncias e regras da seguradora. Caso contrate,quando receber a indenização em casos de perda total ou roubo, além dos 100%,também receberá o  acréscimo escolhido.*Faça uma cotação online de seguro para carros.

Dica de especialista

A STS Corretora, especialista em venda de seguro de carros, recomenda que épocas de renovação contratual, você volte a pesquisar sobre outras seguradoras. Os reajustes podem ser altos.

Em uma dessas, você pode achar uma seguradora que ofereça um preço menor com uma cobertura infinitas vezes mais ampla e, mesmo com baixo reajuste, querer mudar. Isso, porque o responsável por agregar tantos benefícios é o corretor. E encontrar um responsável e empático faz toda a diferença.

Avalie a permanência com a mesma seguradora. Se durante os 12 meses de uso do seguro não houver solicitações de socorro, guincho ou sinistro por colisão, as empresas costumam atribuir bônus anuais, que representará uma tabela diferenciada com desconto sobre o valor do seguro.

Quanto custa o seguro de carro?

O custo de um seguro de carro varia de acordo com uma série de fatores, conforme já te explicamos.

Basicamente, após a assinatura do contrato, o segurado precisa pagar o valor, que pode ser dividido em algumas parcelas. A partir do momento do pagamento da primeira, a seguradora é obrigada a pagar uma indenização caso o veículo sofra um dos sinistros previstos na apólice.

Conclusão

Escolher uma corretora de seguros é a mesma coisa que escolher um plano de saúde. Ninguém quer usar, mas é necessário fazer uma boa escolha. Para isso, tome alguns cuidados:

√ Fique atento aos tipos de coberturas oferecidas

√ Verifique sobre a cobertura de terceiros

√ Verificar se existe limite de socorro por pane elétrica

√ Valor da franquia em caso de sinistro

√ Confira se está incluso o carro reserva e quantas diárias

√ Entenda as regras em caso de atraso de pagamento 

√ Tenha atenção quanto a vistoria do veículo

√ Em caso de escolha da franquia reduzida, avalie os prós e contras.

*Muito importante: preencha o formulário de perfil usando informações verídicas. Por exemplo: quem é o condutor principal, se existe garagem na residência, se existe garagem no trabalho, se o portão é automático ou não, o trajeto de deslocamento residência-trabalho, etc. Em caso de sinistro, a seguradora pode verificar se há divergência. Isso interfere na cobertura de pagamento da indenização.

Este texto foiproduzido em parceria com a equipe de Marketing de Conteúdo da STS Corretora.

Então, aproveite a visita ao nosso blog e conheça as 5 dicas de como escolher o pneu certo para o seu carro.

Publicado por
veiculosnaweb

Notícias recentes

Quer saber se você está apto para fazer o exame teórico do Detran? Faça uma simulação da prova!

Enfrentar o processo para a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) costuma ser preocupante para a maioria das pessoas…

5 dias atrás

Carros clássicos que marcaram os anos 70 e 80

Em meio a tanta tecnologia que temos hoje em dia nos carros não podemos nos esquecer deles. Estes modelos foram…

7 dias atrás

Guia de segurança no carro para bebês e crianças – Adequado para 0-12 anos

A segurança de uma criança em qualquer tipo de veículo é simples e depende, exclusivamente, do uso adequado dos sistemas…

7 dias atrás

Lei do Insulfilm 2019: quais são as regras para o uso de películas automotivas?

Estar por dentro das leis de trânsito é uma das muitas obrigações dos condutores e proprietários de veículos. Ao conhecer…

4 semanas atrás

4 dicas para conservar seu carro

Um carro conservado é um empreendimento certo, pois ao mesmo tempo que é fácil de vender, é também mais difícil…

1 mês atrás

5 cuidados com a bateria do carro

Você sabia que um dos componentes mais importantes de um veículo é a sua bateria? Sem ela o carro não…

1 mês atrás