Categorias Notícias

Os carros mais vendidos do Brasil em 2018

Saiba quais são os carros mais vendidos do Brasil em 2018 até o mês de junho.

Comprar um carro zero km é o desejo de muita gente, e o que não faltam são opções de modelos, marcas e versões disponíveis no mercado brasileiro. Mas você imagina quais foram os carros mais vendidos no ano, até agora?

Se você tem curiosidade de saber quais os modelos preferidos pelos brasileiros no primeiro semestre de 2018, vale a pena continuar a leitura do artigo de hoje.

Acompanhe o post e conheça os 50 carros mais vendidos no Brasil nos primeiros seis meses do ano, segundo um levantamento realizado pela Federação Nacional de Veículos Automotores (Fenabrave).

Segundo o levantamento feito pela Fenabrave, foram vendidos 958 mil carros novos no Brasil entre os meses de janeiro e junho de 2018. Incrível, não? Confira dados sobre a tabela publicada a seguir!

Números e resultados dos carros mais vendidos

Carros mais vendidos do Brasil em 2018
Foto: Valquiria Alves

No período, as vendas de carros zero km cresceram 18% em comparação ao ano passado. Entre as montadoras com maior número de vendas de carros novos no Brasil, a General Motors (GM) ocupa o primeiro lugar.

A empresa teve participação de 17,7% do mercado no primeiro semestre do ano entre os veículos novos. Já a Volkswagen aparece em segundo lugar, com 14,24% das vendas.

Entre os modelos de carros mais vendidos no primeiro semestre do ano, os grandes destaques são o Onix (GM), o HB20 (Hyundai) e o Polo (Volkswagen). Segundo a Fenabrave, os três hatchs tiveram um peso total de 29,34% nas vendas do período.

O Ford Ka (Ford) e o Gol (Volkswagen) também marcaram posição entre os carros mais vendidos entre janeiro e junho de 2018 no mercado brasileiro.

A surpresa positiva, no entanto, ficou com o Tracker, da GM, que teve suas vendas quase triplicadas no primeiro semestre. O Captur, da Renault, também apresentou um aumento considerável nas vendas em relação ao ano passado. Os SUVs – como estes dois modelos –representaram 23,4% de todos os carros novos vendidos no período, segundo o levantamento.

Conheça os 50 carros mais vendidos do Brasil

1. ONIX –  GM
2. HB20 – HYUNDAI
3. KA – FORD
4. POLO – VW
5. GOL – VW
6. PRISMA – GM
7. KWID – RENAULT
8. COROLLA – TOYOTA
9. COMPASS –  JEEP
10. ARGO – FIAT
11. SANDERO – RENAULT
12. MOBI – FIAT
13. HR-V – HONDA
14. KICKS – NISSAN
15. RENEGADE – JEEP
16. CRETA – HYUNDAI
17. ETIOS HB – TOYOTA
18. FOX – VW
19. VIRTUS – VW
20. KA SEDAN – FORD
21. ECOSPORT – FORD
22. HB20S – HYUNDAI
23. VOYAGE – VW
24. ETIOS SEDAN – TOYOTA
25. FIT – HONDA
26. TRACKER – GM
27. CIVIC – HONDA
28. VERSA – NISSAN
29. CRONOS – FIAT
30. LOGAN – RENAULT
31. SPIN – GM
32. UP – VW
33. CRUZE SEDAN – GM
34. CAPTUR –  RENAULT
35. FIESTA – FORD
36. SIENA – FIAT
37. DUSTER – RENAULT
38. COBALT – GM
39. WR-V – HONDA
40. MARCH – NISSAN
41. CITY – HONDA
42. HILUX SW4 – TOYOTA
43. UNO – FIAT
44. IX35 – HYUNDAI
45. 2008 – PEUGEOT
46. 208 – PEUGEOT
47. C3  – CITROEN
48. SPORTAGE – HYUNDAI
49. AIRCROSS – CITROEN
50. ASX – MITSUBISHI

O que levar em conta na hora de comprar um carro novo?

Carros mais vendidos do Brasil em 2018
Foto: Portal Mobills

Não basta entrar na primeira concessionária e sair dirigindo. A escolha da melhor marca e do melhor modelo devem levar em conta uma série de fatores além da parcela do financiamento que cabe no bolso.

Além da necessidade do veículo, da segurança, do design e, é claro, do preço, é preciso considerar uma série de outros gastos envolvidos na manutenção do carro. Há quem diga que carro é como se fosse um filho.

Afina, quem quer comprar um carro deve se planejar financeiramente para garantir a saúde do seu orçamento.

E esse primeiro passo é especialmente importante se você pretende optar por uma forma de pagamento parcelada, tomando cuidado para que as prestações não pesem no bolso e, assim, consiga honrar o compromisso assumido.

É simples: se você tem consciência da própria condição financeira, pode programar a compra do bem sem que venha a correr o risco de o sonho se transformar em um pesadelo no futuro.

Para começar a se planejar, você pode pensar em 3 aspectos: o ponto de partida, o caminho e o ponto de chegada. Achou complicado? Calma, porque vamos explicar.

O primeiro marco diz respeito à sua real situação no momento, que abrange idade, salário, cargo, estágio de vida familiar, formação educacional e o que mais achar relevante para o contexto.

Ao fazer esse exercício de autoconhecimento, você saberá qual é seu nível atual de vida, podendo, a partir desse cenário, realmente se planejar para comprar um carro novo.

O ideal é que a prestação do veículo não ultrapasse os 30% do seu salário. E por falarmos em renda, é interessante que você se programe com base no dinheiro que de fato ganhará e não em possibilidades que possam ou não se concretizar — como promessa de aumento salarial ou de melhoria de cargo.

Além disso, faça suas contas a partir da sua renda líquida, já devidamente descontada de previdência, FGTS, plano de saúde e assim por diante.

Conforme o tipo de uso do veículo, um prazo de pagamento longo demais pode significar que o carro não estará em tão boas condições de uso quando for quitado por completo.

Por essa razão, é importante escolher um modelo que atenda suas necessidades durante todo o período de pagamento das parcelas. E por falarmos em quitação, não se esqueça do ponto de chegada da sua jornada de compra.

Você deve imaginar como estará seu veículo no fim do pagamento, tanto no que diz respeito à mecânica e à estética quanto ao preço de mercado para uma possível revenda.

Por mais que o roteiro de planejamento financeiro para a aquisição de um automóvel zero quilômetro possa parecer muito exigente, ele é fundamental para garantir uma compra segura e sem estresse.

Pense bem: quando você se programa para alcançar seu objetivo, reduz os imprevistos e, assim, toma as rédeas do processo. Nesse contexto, há quem prefira juntar o dinheiro necessário em uma aplicação financeira para depois comprar um carro novo à vista. Em outros casos surge a dificuldade de poupar no dia a dia.

E é aí que entra o consórcio de carros, como uma forma de a pessoa se comprometer com a formação de uma poupança para a aquisição do automóvel.

Tenha em mente que, além da sua própria renda e do tempo de pagamento do bem, outro fator a ser contemplado no planejamento é o próprio valor do veículo. Quem pretende poupar para depois realizar a compra deve considerar alguns aspectos econômicos que podem aumentar o valor final do bem e, consequentemente, a necessidade de dinheiro para a aquisição.

É o caso da inflação, por exemplo. Assim, um carro popular 1.0 que hoje custa 35 mil reais pode, daqui a 5 anos, passar a custar mais de 40 mil. Por isso, é essencial reavaliar seu planejamento financeiro de tempos em tempos para adequá-lo às condições do mercado automotivo e da economia em geral.

E você, pensa em comprar algum destes modelos em breve? Deixe seu comentário aqui no post e não esqueça de compartilhá-lo em suas redes sociais!

Notícias recentes

Como o carro é um poderoso aliado para o empreendedor e o que atentar na hora de adquirir um veículo

Como o carro é um poderoso aliado para o empreendedor e o que atentar na hora de adquirir um veículo

Comprar um carro para sua empresa pode ajudar muito em suas rotinas. Confira dicas para adquirir o veículo correto para…

1 semana atrás
Amantes de carros agora colecionam chaveiros especiais

Amantes de carros agora colecionam chaveiros especiais

O brasileiro tem várias paixões. Uma, indiscutivelmente, é o futebol. Outra é o Carnaval. Mas uma terceira paixão nacional também merece…

3 semanas atrás
Com qual frequência devo fazer a revisão do carro?

Com qual frequência devo fazer a revisão do carro?

A revisão do carro deve ser executada periodicamente, pois isso garante que você possa se deslocar com segurança. Para motoristas…

3 semanas atrás
9 Coisas valiosas para verificar e considerar antes de alugar um carro

9 Coisas valiosas para verificar e considerar antes de alugar um carro

Quando decidimos alugar um carro, seja para curtir as férias, trabalho ou negócios, é preciso verificar algumas condições a fim…

4 semanas atrás
Reciclagem de CNH já pode ser feita Online em vários estados

Reciclagem de CNH já pode ser feita Online em vários estados

Conforme o motorista comete infrações,os pontos são computados em sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sendosete pontos para as gravíssimas,…

2 meses atrás
Sinais de que seu carro precisa de troca de óleo

Sinais de que seu carro precisa de troca de óleo

Seu veículo está mais lento? O seu motor parece barulhento? A pressão do óleo está baixa e a luz do…

2 meses atrás