Categorias Motos

Por que as motos da Kawasaki são especiais?

Motos da Kawasaki são especiais: se você é fã de motos, especialmente dos modelos esportivos, com toda a certeza já ouviu o nome Kawasaki por aí.

Pois é, a marca japonesa é uma das mais conhecidas e renomadas montadoras de transportes de todo o mundo.

Além de motos, a empresa também é responsável pela fabricação de helicópteros e Jet Skis, por exemplo, expandindo seu leque e consolidando-se como uma verdadeira gigante no setor ao qual pertence.

Não à toa, as motocicletas produzidas pela marca são as mais procuradas em site de motos brasileiros.

Mas o que torna as máquinas de duas rodas produzidas pela Kawasaki tão especiais? Vamos descobrir!

Conheça a marca Kawasaki

Kawasaki logo

Antes de falarmos das motos fabricadas pela marca japonesa, que tal aprender um pouco mais sobre ela? A Kawasaki Heavy Industries Ltd (KHI) é uma corporação multinacional fundada em 1878 por Shozo Kawasaki.

No início, a empresa foi criada com o intuito de construir navios de aço transatlânticos.

O que deu certo e causou uma expansão no negócio que, em 1906, passou a produzir também locomotivas, vagões de carga, passageiros, turbinas navais e vapor.

Como todas as tentativas foram bem sucedidas, a Kawasaki prosseguiu com os investimentos e também se arriscou na aviação, tendo dado vida ao primeiro avião de metal do Japão.

Em relação às motos, a Kawasaki demorou um pouco para produzi-las desde que foi fundada. O primeiro veículo de duas rodas da companhia só foi desenvolvido em 1961.

Desde então, mais modelos foram sendo criados e bem aceitos em todo o mundo, o que tornou a empresa referência nesse segmento.

Em 2009, a Kawasaki montou sua primeira fábrica na América Latina, no Brasil, em Manaus (AM). Em 2016, completou 120 anos de existência.

Atualmente, a Kawasaki apresenta cerca de 50 subsidiárias espalhadas por todo o mundo, incluindo plantas industriais, centros de distribuição e escritórios de vendas.

Seus principais empreendimentos abrangem projetos de engenharia e controle ambiental de indústrias, máquinas e robôs industriais, engenharia naval e marítima, engenharia de usinas energéticas e siderúrgicas, material ferroviário, aeroespacial e, por fim, motocicletas, quadriciclos e Jet Skis.

Conheça as motos Kawasaki

Kawasaki Z900
foto: kawasakibrasil.com.br

Desde que iniciou seu processo de fabricação de motos, a Kawasaki conta com cerca de 82 modelos diferentes de veículos, que se dividem nas categorias Custom/Cruiser, Esportiva Turismo/Sport Touring, On-Off Road/Dual Purpose, Cross/Off-Road, Street/Naked, Esportivas Ninja e as para uso especial (polícia/corrida).

Dessas, a série que mais fez sucesso e continua a despertar mais o interesse dos amantes de motos são os modelos Ninja.

A série Ninja foi criada em 1984 (tem, portanto 34 anos de história) e conta com, mais ou menos, 15 modelos diferentes.

São versões esportivas, inovadoras e potentes, que desde que foram criadas, servem como referência para diversas outras marcas ao redor do globo.

Seus exemplares apresentam entre 296 e 1.441 cilindradas e possuem valores dentro R$20.000 e R$75.000, em média. Ou seja, se é potência o que você procura, pode, definitivamente, encontrar nas Kawasaki Ninja.

Atualmente, a Kawasaki possui o modelo de moto mais caro do Brasil. O título é da Kawasaki Ninja H2R, que cuta R$350.000 (o mesmo preço de muitos carros de luxo).

Preço que se justifica se analisarmos os pontos fortes da moto, que possui 326 cavalos de potência, um motor de 4 cilindros e 988 cilindradas.

Além, claro, do design moderno e arrojado, com pequenas “asas” em suas carenagens de fibra de carbono que aperfeiçoam seu efeito aerodinâmico.

A moto é vendida apenas por encomenda. Se o seu sonho é ter uma dessas, portanto, prepare-se para desembolsar uma boa quantia.

O que torna as Kawasaki tão especiais?

Com essas informações, fica um pouco mais fácil entender o porquê de as motos Kawasaki serem líderes quando o assunto é procura de motos no Brasil. Mas, resumindo, o que elas tem de tão especial, afinal de contas?

Tradição: como indicamos, as motos Kawasaki são produzidas desde 1961, ou seja, são 57 anos de história, inovação e experiência no mercado. São veículos consagrados, renomados, testados e aprovados em várias partes do mundo por pilotos de diferentes segmentos. A marca, por isso, tornou-se sinônimo de confiança entre os amantes de motos.

Velocidade: muitas motos Kawasaki, especialmente as da linha Ninja, possuem muitas cilindradas e cavalos. A Ninha H2R, por exemplo, apresenta um motor superior em níveis de potência a de carros como o Porsche Boxter (265 cavalos) e a Mercedes Benz SLK 250 Turbo (204 cavalos). Velocidade é o que não falta nesses tipos de motos esportivas criadas pela marca japonesa.

Design: os designs inovadores e modernos das Kawasaki sempre chamaram a atenção desde que foram criados. E, atualmente, não é diferente. Sua aparência agressiva e dinâmica combinada à famosa cor verde da marca é um chamariz para quem procura se destacar no mundo das motocicletas.

Desempenho: mesmo com motores muito potentes, as Kawasaki ainda conseguem ser econômicas e apresentam desempenhos incríveis tanto na estrada quanto dentro da cidade. Sua aerodinâmica e equilíbrio são constantemente elogiados por proprietários e amantes das máquinas de duas rodas.

Preço: é verdade que as Kawasaki não são as motos mais baratas do mercado (o que se justifica devido ao que o veículo oferece se comparado aos demais), porém, uma alternativa é procurar por modelos usados. Em sites de motos usadas em Curitiba, bem como em outras capitais, é possível encontrar modelos em ótimo estado a preços bem menores do que os das concessionárias.

Por esses motivos, a tendência é de que as motos da empresa japonesa continuem chamando a atenção de compradores brasileiros, que são exigentes e procuram por máquinas que possam suprir suas expectativas e até superá-las.

Os interessados, entretanto, devem se lembrar de que essas motos não são como as demais. Por serem produtos de alta tecnologia, precisam de revisões e cuidados frequentes.

Por isso, se você possui uma dessas motos ou irá adquirir uma em breve, nossa dica é: atenção redobrada.

Quanto mais você valorizá-la, uma melhor performance a máquina oferecerá e o preço de revenda dela permanecerá alto.

Publicado por
veiculosnaweb

Notícias recentes

Como cuidar do carro no inverno

Você sabe como cuidar do carro no inverno? Se não, então precisa aprender. Afinal, a época mais fria do ano…

1 mês atrás

6 dicas essenciais para adquirir um carro financiado

Ter um automóvel na garagem é o sonho de consumo mais comum dos brasileiro, ao lado de comprar uma casa.…

1 mês atrás

Tipos de motos para trabalhar com delivery: entenda quais são as melhores opções

Se você está desempregado, mas ter CNH para andar de motocicletas, então precisa aprender quais são os principais tipos de…

1 mês atrás

Primeiro carro: como cuidar e aumentar a vida útil de veículos

Você acabou de adquirir ou está pensando em comprar o seu primeiro carro? Esse um momento muito importante na vida…

3 meses atrás

Cuidados para o transporte do seu pet de carro

Animais de estimação adoram pegar a estrada junto com seus donos. No entanto, a viagem pode ser complicada dentro de…

4 meses atrás

Saiba como valorizar o carro usado na hora da revenda

Muitos motoristas gostariam de saber como valorizar o carro usado na hora da revenda do seu automóvel. Afinal, na maior…

6 meses atrás