Categorias Carros

Fiat Argo é convocado para recall pela montadora

Fiat Argo: Diante de tanta tecnologia e tanta rapidez na produção, algumas falhas estão sendo verificadas nos veículos somente quanto eles já estão rodando nas ruas, nas mãos dos clientes.

A montadora Fiat não está fora desta lista e convocou pelo menos 21 mil proprietários de seu novo modelo, o Fiat Argo, que é sucesso de vendas.

Os mecânicos identificaram a partir de problemas relatados nos carros que o modelo pode ter o rompimento do chicote elétrico do volante de direção por um possível esmagamento nos cabos causados pela capa que encobre o airbag frontal.

Com isso, pode haver a desativação deste chicote, e em casos extremos o acionamento involuntário do sistema de aribag do condutor.

Os clientes não precisam se preocupar quanto a desvalorização do seu veículo. Vários veículos das mais variadas montadoras estão sendo convocados para realizar o recall.

Segundo a montadora, o serviço é rápido e não deve ultrapassar de uma hora para a mão de obra.

Os clientes devem procurar as concessionárias para fazer o agendamento do recall, pelo preço do Fiat Argo, é sempre bom deixa-lo com a manutenção em dia para evitar prejuízos.

Como fazer o recall do Fiat Argo?

Fiat Argo
Foto: On the Social Side

O recall dever ser feito na concessionária da marca, que não cobra pela substituição da peça, reparo e mão de obra do serviço.

Geralmente, os clientes que são convocados para o recall seguem um lote de fabricação do produto.

No caso do Fiat Argo, os veículos com chassi de final 9BD358A42JYH10115 a 9BD358A9WJYH10215, dos modelos 1.0, 1.3 e 1.8 devem procurar a montadora.

O reparo acontecerá no volante do veículo, onde serão trocadas as peças que estão apresentando o desgaste incorreto, para evitar acidentes graves.

O recall é um procedimento muito utilizado pelas empresas automobilísticas para corrigir falhas nos veículos que ocorreram durante o processo de produção e que podem gerar danos aos proprietários e para terceiros.

Confira no guia rápido sobre o que é o recall e para que ele serve:

1. O conserto

Como o recall acontece por uma falha na produção do veículo, os custos da mão de obra do recall devem ser cobertos pela montadora.

Por isso, o recall sempre será gratuito, até mesmo se o cliente não estiver com a manutenção em dia.

2. Prazo de validade

O recall é uma questão de segurança. Se o veículo está na lista dos convocados, o reparo pode ser feito em qualquer tempo, por isso não tem prazo de validade.

O importante é fazer, mesmo que muito tempo após ser feita a publicidade e chamada para o recall. Mesmo não fazendo o recall, o proprietário não perde a garantia do veículo.

3. Defeitos de fábrica

Se o seu carro apresenta defeitos que não os comuns de desgaste é preciso verificar se não foi aberto o recall da marca e modelo em algum tempo.

A montadora e o Denatran podem informar sobre os recalls de cada marca. Caso não esteja relacionado a algum recall na marca, é necessário entrar em contato com a montadora para relatar o problema.

4. Sem peças

É importante ficar atento que a montadora deve ter a peça de substituição após chamar os proprietários para o recall.

Caso isso não aconteça, é necessário buscar ajuda nos órgãos de defesa do consumidor já que a montadora tem a responsabilidade de propor alternativas para o cliente até o problema esteja resolvido.

Por exemplo, conceder carro reserva, pagamento de táxi, ou soluções que não deixem o cliente sem direito de locomoção.

Quais os problemas mais comuns no volante?

O motorista precisa estar sempre atento ao carro antes mesmo de dar a partida no veículo. Algumas falhas podem ser verificadas até mesmo sem que o carro saia do lugar.

Com relação a direção, isto não é diferente, é preciso estar sempre atento. Os problemas na direção do veículo podem gerar graves acidentes. Fique atento aos sinais:

  • O volante não pode fazer barulhos durante o uso. Qualquer ruído é sinal de problema.
  • Se o volante estiver duro e pesado, isso é sinal de problema.
  • Se o volante estiver vibrando durante a direção isto também é sinal de um problema na caixa hidráulica.
  • Nos carros mais antigos, as folgas no volante também acontecem com frequência, é preciso procurar um mecânico especializado.

O que acontece se não fizer o recall?

O recall é realizado para garantir a segurança do veículo que está nas ruas. Mas, ele não tem prazo de validade e pode ser feito a qualquer tempo pelo proprietário.

Algumas situações devem ser levadas em consideração sobre o recall realizado de maneira incorreta ou até mesmo não realizado. Mas de modo geral, o veículo não perde a garantia sem o recall.

  1. Se o proprietário não fizer o recall e se envolver em um acidente causado pela falha já constatada pela empresa ele será parcialmente responsabilizado pelos danos. A montadora não ficará isenta pela culpa de ter permitido que um veículo com falhas estivesse circulando. Mas, se a publicidade do recall tenha sido realizada de forma massiva, o condutor também pode ser responsabilizado por não ter realizado o reparo da forma correta.
  2. Geralmente as montadoras chamam os proprietários para fazer o recall dos veículos nas concessionárias da marca. Se por eventualidade a montadora autorizar uma oficina terceirizada a realizar o reparo, ela está assumindo a responsabilidade sobre a mão de obra. Em caso de acidente devido a falha relacionada ao recall e o cliente não ter realizado o reparo nas oficinas autorizadas ou concessionárias, a montadora não tem responsabilidade sobre o ocorrido.
  3. Se por acaso a falha constatada pelo recall já tenha sido reparada pelo cliente anteriormente ao chamado de recall, o proprietário tem o direito de ser ressarcido pelo valor do reparo. Lembrando, o recall não deve ter sido convocado até a data do conserto para o cliente ter o direito ao ressarcimento do valor.
  4. Ao comprar um carro usado é importante pesquisar junto da montadora e do Denatran se o veículo já foi chamado para o recall. Se ele estiver na lista dos convocados para o reparo, isto pode ser feito a qualquer tempo.
Publicado por
veiculosnaweb

Notícias recentes

Como motores eficientes geram economia de energia na indústria?

Atualmente, vivemos em um tempo onde recursos como os naturais ou mesmo os financeiros passaram a ter um valor preponderante…

3 dias atrás

5 causas de possíveis falhas em motores elétricos

Você sabe o que é e quais são as funcionalidades de um motor elétrico? Sabe também como identificar os principais…

3 dias atrás

Como o sol e a chuva ácida podem danificar seu veículo em poucos anos?

O sonho de possuir um bem material como um automóvel se faz presente na vida de várias pessoas por diversos…

3 dias atrás

Os carros mais alugados do Brasil

Em análise feita pela equipe da CarroAluguel.com (portal especializado em locação de veículos), com base nos dados de mercado e…

2 meses atrás

Quanto custa a troca de óleo e onde fazer?

A troca de óleo deve ser realizada em uma oficina mecânica e custa, em média, R$230. A troca de óleo…

2 meses atrás

Confira as 8 principais dicas de segurança que você deve seguir na estrada

Vai fazer aquela viagem de carro tão esperada? Então, certamente, você já deve saber que, apesar de parecer algo simples,…

2 meses atrás