Categorias Carros

Concessionária do meu carro novo, como escolher?

Além de ser um investimento, a compra de um carro exige bastante cuidado, principalmente na escolha da concessionária do meu carro novo.

Um automóvel é um bem durável, por isso, é importante escolher uma concessionária ou revenda que garanta ao cliente a segurança, conforto, satisfação na hora da aquisição, e pós-vendas. Ainda mais se o veículo for usado.

Então vamos falar como identificar se o fornecedor é bom e descobrir tudo o que você deve conferir antes de fazer sua escolha, para não cair nas armadilhas das concessionárias.

Conheça o histórico da empresa

Existem diferenças significativas entre uma concessionária e outra, mas quando os colaboradores da concessionária ou revendedora são treinados para sanar as dúvidas do cliente, é possível transmitir segurança aos futuros motoristas.

As empresas que possuem tradição no ramo geram mais confiança, além do mais, nesta área, concessionárias com baixa qualidade tendem a sumir do mercado com o tempo.

Internet e Redes Sociais

É fundamental que o cliente visite o local pessoalmente. Porém, consultar as redes sociais da empresa também é uma ótima alternativa, pois elas oferecem uma importante fonte de informações a repeito da concessionária, principalmente nos comentários.

Nas redes sociais é possível analisar se existem reclamações quanto à reputação, atendimento, procedência, ou seja, sobre a opinião geral que os consumidores têm sobre a empresa.

Procedência dos automóveis

concessionária do meu carro novo
Foto: MY use Aroh

Independente de novo ou seminovo, é importante saber a procedência do carro que você está comprando, além do mais, um carro é um investimento relativamente alto.

É uma questão de segurança saber se o carro tem nota fiscal de fábrica ou se passou por um ou vários donos. Isso é importante para garantir a procedência das peças de reposição e dos acessórios.

Desconfie se na hora da entrega da documentação do veículo a loja pedir prazo para conseguir esses documentos, ainda mais se disser que está faltando algum documento, pois todos devem estar regularizados e em dia.

Não fique com vergonha de questionar! Se na hora de assinar o contrato tiver dúvida sobre alguma cláusula redobre a atenção e questione se alguma parecer estranha.

Pós-Vendas

É indispensável que você verifique se a concessionária oferece serviços de pós-vendas, pois a garantia de suporte em caso de mau funcionamento dos itens do carro pode tranquilizar o motorista na hora da aquisição.

Além de grande influência na sustentação financeira da concessionária, também garante a fidelização do cliente sem contar nas novas indicações que um cliente bem atendido é capaz de gerar.

Algumas concessionárias tem a excelência nos processos de atendimento, com eficácia e rapidez.

Além de entender a necessidade de cada cliente, oferecem serviços de seguro contra acidentes, blindagem e consórcio, podendo assim o cliente resolver tudo em um único lugar.

Test Drives

concessionaria do meu carro
Foto: Auto Show Chevrolet Canoinhas

A concessionária deve permitir que você faça o Test Drive e caso não seja possível fazê-lo desconfie. Neste teste é possível perceber se o veículo apresenta alguns barulhos, peças problemáticas, maus cuidados ou outros problemas.

Verifique itens como retomada de velocidade, precisão nas trocas de marcha além de checar o desempenho. Analise também os equipamentos de conforto e segurança.

Enfim, todos os comandos devem ser experimentados, como:

  • ar-condicionado,
  • vidros elétricos (inclusive os traseiros),
  • maçanetas das portas,
  • fechaduras,
  • regulagens de banco,
  • botões do rádio,
  • setas e faróis.

Fazer um Test Drive para experimentar o veículo e checar se ele atende às necessidades é sempre vantajoso.

Além disso, é muito importante analisar o carro com mais profundidade, conferir se o motor é macio ou apresenta ruídos, o estado dos bancos e a dirigibilidade.

Preços Condizentes

Qualidade e preço baixo são o que a maioria dos consumidores busca na hora de comprar um automóvel, e algumas concessionárias de veículos conseguem oferecer vantagens e ter o preço dentro do valor médio do mercado automotivo.

Entretanto é preciso ficar atento quando esses valores estiverem muito abaixo do mercado, pois não é um bom sinal.

Pesquise, compare preços e tente verificar o motivo de o preço ser tão baixo. Sempre saiba a procedência do veículo!

Certamente que existem promoções ou descontos, ou o valor de uma concessionária para outra pode estar mais barato ou mais caro devido a algum serviço que não esteja incluso no contrato de compra e venda.

Também podem indicar um carro em mau estado de conservação, mas quando o assunto é a aquisição de um veículo, todo cuidado é pouco, pois o barato pode sair caro.

Cuidado com os golpes dos carros falsos

Você já deve ter escutado alguém falar sobre o “golpe do carro fantasma”. Se ainda não conhece, trata-se de uma modalidade de golpe no mercado de compra e venda de carros, motos, caminhões, etc.

Os golpistas anunciam veículos com preços baixos e condições atrativas através dos meios de comunicação jornal, internet, revista, rádio e TV.

Entre essas condições vantajosas estão:

  • Prestações a perder de vista
  • Taxa de juros baixa ou de zero por cento
  • Entrada de 10 a 20 % do valor anunciado.

Quando o cliente entra em contato, tudo é fácil e são fornecidas fotos, vídeos e até convidam o cliente a ver o veículo pessoalmente.

Porém, antes do negócio estar prestes a ser fechado, os golpistas informam que receberam uma oferta de outro interessado e que só podem segurar o negócio mediante um depósito ou transferência bancária (normalmente o valor da entrada).

Para não perder o “bom negócio”, o comprador realiza o depósito ou transferência o mais rápido possível e nunca mais o depositante conseguirá contato telefônico, nem notícias dos “vendedores”, muito menos do dinheiro e do veículo – que de fato nunca existiu.

Conclusão

concessionária do meu carro
Foto: Forlan Ford

Com essas dicas você vai conseguir adquirir seu carro sem ter medo de entrar em uma fria. O mercado oferece diversas oportunidades de bons negócios, mas é preciso muita cautela para realizar uma boa aquisição.

Além disso, ter um carro próprio é uma conquista e exige atenção e pesquisa. Sempre é bom consultar o RENAVAM do veículo que se pretende comprar especialmente quando falamos sobre o local de compra.

É necessário estar atento aos serviços e às características da concessionária ou de seu fornecedor, pesquisar bem o modelo de veículo que mais atende as suas necessidades, seja um Novo Fiesta da Ford ou um Ecosport usado: você merece esse conforto.

Qual dessas dicas chamou mais a sua atenção? Você já ouviu falar nesse golpe? Deixe um comentário e compartilhe esse post nas suas redes sociais.

Publicado por
veiculosnaweb

Notícias recentes

Como o SEO ajuda a vender carros usados

Foi-se o tempo em que bastava ter apenas um site na internet para poder ter a chance de vender mais…

1 dia atrás

A importância da Educação Financeira na hora de comprar um carro

O carro sempre foi, e continua sendo, um dos principais sonhos do brasileiro. Todo ano é feita uma pesquisa chamada…

4 dias atrás

Os cuidados na hora de negociar o seguro de carro

Contratar um bom seguro de carro é muito importante para proteger condutores de acidentes, furtos e roubos. Se você quer…

3 semanas atrás

Quebrando Mitos: Gasolina x Álcool

Texto por Ricardo Arcuri. O fato de estarmos num País cheio de recursos naturais é como ser técnico de um…

1 mês atrás

5 dicas de como escolher o pneu certo para o seu carro

Você sabe como escolher o pneu certo para o seu carro? É possível que não saiba. Afinal, são diferentes tipos,…

1 mês atrás

Nova ferramenta: Concessionárias agora podem detectar mais facilmente probabilidade de inadimplência

Acaba de ser lançado no mercado a ferramenta Score que ajuda pequenas e médias empresas com questões de segurança e gestão de…

1 mês atrás